don Luigi Giussani (1922-2005)

As missas pelo aniversário: «Para servirmos cada vez melhor a igreja»

Passados dezasseis sobre a morte de don Giussani e trinta e nove sobre o reconhecimento pontifício da Fraternidade de CL, a intenção de oração para as missas em Itália e no mundo

«Nas difíceis circunstâncias que somos chamados a partilhar com todos os irmãos, peçamos ao Senhor uma consciência vigilante e grata do dom recebido no encontro com o carisma de don Giussani, para servirmos cada vez melhor a Igreja, no reconhecimento de que cada instante que passa é habitado por Cristo presente, de modo que não há nada de inútil e tudo é sinal de uma positividade indestrutível.»

A propósito do contributo de Comunhão e Libertação para a vida de todos nós neste tempo tão desafiante, o Padre Carrón, presidente da Fraternidade de CL, escreveu: «Se formos fiéis à graça que nos alcançou através do carisma de don Giussani – nós, que fomos atraídos por ele e desejamos segui-lo –, “centrados em Cristo e no Evangelho”, poderemos ser “braços, mãos, pés, cabeça e coração duma Igreja em saída” (Papa Francisco), colaborando com o Papa no futuro da Igreja no mundo, aquele futuro preconizado pelo Cardeal Ratzinger no longínquo ano de 1969: “O futuro da Igreja só pode vir da força daqueles que têm raízes profundas e vivem da plenitude pura da sua fé. A Igreja conhecerá um novo florescimento e mostrar-se-á aos homens como a pátria, que lhes dá vida e esperança”. Só esta novidade pode ser credível hoje».

A modalidade de participação nas celebrações depende das medidas anti-Covid em vigor em cada país, e pode variar de cidade para cidade.
A lista atualizada das celebrações está no site.
Eis algumas delas:

Lisboa, Card. Manuel Clemente, data a confirmar*
Milão, Dom Mario Delpini, 1 de março
Roma, Dom Gianpiero Palmieri, 22 de fevereiro
Perúgia, Card. Gualtiero Bassetti, 22 de fevereiro
Bolonha, Card. Matteo Zuppi, 22 de fevereiro
Génova, Dom Marco Tasca, 10 de fevereiro
Florença, Card. Giuseppe Betori, 11 de fevereiro
Turim, Dom Cesare Nosiglia, 19 de fevereiro
Pádua, Card. Silvano Maria Tomasi, 22 de fevereiro
Moscovo, Dom Paolo Pezzi, 12 de fevereiro
Madrid, Card. Carlos O. Sierra, 20 de fevereiro
Buenos Aires, Dom Enrique Eguía Seguí, 22 de fevereiro
Montreal, Dom Christian Lépine, 27 de fevereiro
Tunes, Dom Ilario Antoniazzi, 22 de fevereiro
Washington DC, Dom Christophe Pierre, 22 de fevereiro
Amsterdão, Dom Johannes van Brugsteden, 20 de fevereiro
Karaganda, Dom Adelio Dell’Oro, 21 de fevereiro
Praga, Dom Sdenek Wasserbauer, 28 de fevereiro
Taipei, Dom Thomas Zhong, 20 de fevereiro
Nairobi, Card. John Njue, 6 de março
Baku, Dom Vladimir Fekete, 20 de fevereiro



* logo que possam ser celebradas missas públicas.